Quais são as áreas de atuação da radiologia industrial?

foto-externa-curso-de-tecnicas-analiticas-com-enfase-em-inspecao-por-raios-x

A radiologia industrial está presente em uma grande variedade de setores, o que faz com que ela ofereça uma série de áreas de atuação profissional. Listamos cinco atividades que contam com a atuação de um profissional de radiologia industrial.

#1 – Inspeção Corporal

Equipamentos de radioinspeção corporal, os chamados bodyscan, são aqueles que podem detectar objetos metálicos e não metálicos escondidos no corpo de uma pessoa através dos raios X, tais como, armas, drogas, explosivos, pedras preciosas etc. Assim sendo, são muito mais eficientes que detectores de metais e outros. Contrariando a legislação brasileira, atualmente quem opera esses sistemas em presídios são agentes penitenciários dotados de minicursos de 8 horas sobre o tema. A Lei 7394/85, regulamentada pelo Decreto 92790/86, regulamenta os profissionais Tecnólogos e Técnicos em Radiologia. A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), órgão que regula a área, torna obrigatório um programa de capacitação dos profissionais operadores desses equipamentos.

#2 – Inspeção de Cargas e Contêineres

A inspeção de cargas e contêineres faz uso de aceleradores lineares de alta energia, onde são aplicados em estradas, divisas, fronteiras, portos e visa evitar que armas, drogas ou mercadorias falsas e irregulares entrem e circulem pelo país. Nos últimos anos, esse tipo de inspeção tem recebido grande investimento, principalmente pelo seu auxílio na área de segurança pública.

#3 – Radiografia Industrial

A radiografia industrial é uma poderosa ferramenta de controle de qualidade que faz o uso de fontes radioativas de Ir-192, Se-75, Co-60, todas utilizadas nas indústrias automotivas, indústrias navais, industrias siderúrgicas, aviação e materiais bélicos, como explosivos. Também possui ampla aplicação nas indústrias de petróleo e petroquímicas.

#4 – Medidores Nucleares

São dispositivos que usam fontes de radiação associadas a um detector, que permite por atenuação ou espalhamento da radiação, saber se o material medido está ou não presente no nível pré-estabelecido. Existem muitos tipos de medidores e muitas aplicações. O profissional poderá atuar em diversas áreas, dentre elas: setor alimentício, bebidas, cimenteiras, concreto, embalagens, fertilizantes, metalúrgico, mineração, papel e celulose, petrolífero e petroquímico e siderúrgica.

#5 – Perfilagem de poços de petróleo

No setor petrolífero, as técnicas nucleares são utilizadas na perfilagem de poços de petróleo que consiste na medida e registro contínuo de determinados parâmetros ao longo das paredes de um poço. Para isto, utiliza-se uma sonda de medição que é introduzida progressivamente na perfuração. A interpretação de gráficos resultantes ajuda a determinar a localização, quantidade e produtividade de óleo e gás do poço. Nestas sondas utilizam-se fontes radioativas de Césio-137, Cobalto-60 e Amerício-Berílio-241.

Se interessou por alguma dessas áreas? Então se matricule em um dos nossos cursos e se prepare para trabalhar! Clique aqui e conheça as nossas turmas.