Instalação de scanners em estradas aumentará demanda por profissionais de radiologia

Security Scan

No final de novembro, o governador Luiz Fernando Pezão anunciou que instalará scanners em estradas para coibir o tráfico e a sonegação fiscal. Os aparelhos serão fixados nos cinco postos da Operação Barreira Fiscal do Rio, em forma de portal, para reforçar a repressão à circulação ilegal de cargas. Os postos fixos da operação de fiscalização nas estradas fluminenses ficam em Nhangapí, Timbó, Levy Gasparian, Mato Verde e Angra dos Reis.

De acordo com o instrutor da Maxim, Alexandre Lima, esses scanners emissores de raios-x para inspeção não invasiva proporcionará ao Rio de Janeiro um maior controle fiscal das mercadorias provenientes de outros estados e mais segurança: “o sistema de inspeção visa detectar e identificar produtos ilícitos, como armas, narcóticos, explosivos e produtos contrabandeados para o estado, que podem estar presentes no interior do veículo transportador, podendo colocar em risco a segurança da população fluminense”.

A instalação dos novos scanners demandará a formação de mais profissionais na área de radiologia com capacitação na área industrial. “O mercado possui profissionais formados e capacitados para operação desses scanners, contudo não possui número suficiente para atender esta nova demanda”, conta Lima. Para atuar na área, o profissional de nível técnico ou superior na área de tecnologia em radiologia deve buscar uma capacitação em proteção radiológica baseada nas resoluções da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), pois é o órgão regulador federal responsável pelo licenciamento e fiscalização dessas instalações radiativas.

A Maxim Cursos oferece cursos de capacitação e pós-graduação na área, com turmas em diversas cidades, começando em janeiro de 2016. Para conhecer os nossos cursos, acesse http://maximcursos.com.br/new/todos-os-cursos/.