Ano novo, vida nova! Saiba como mudar sua vida de verdade


ano novo; mudanças; planejamento

Muitas pessoas aproveitam essa época do ano para planejar mudanças na vida. O início de um novo ano é inspirador para o estabelecimento de metas, com o objetivo de fazer as modificações desejadas no trabalho, vida amorosa, família, saúde e no campo financeiro. Para conseguir colocar todos os planos em prática é importante se planejar bem e estabelecer metas possíveis de serem alcançadas, além de ter disciplina e foco durante o ano.

A saúde financeira é um importante fator que pode ajudar você a cumprir ou não outras metas. Faça uma lista dos seus ganhos e avalie seus gastos. Corte o que for desnecessário. Tente quitar suas dívidas e evite fazer outras. E fique atento no início de ano: nesse período, é comum termos contas extras para pagar. Um bom planejamento evita que você se atropele nas contas e fique enrolado pelo resto do ano.

Outra meta muito comum é a respeito da carreira. A maioria das pessoas sempre deseja alcançar uma colocação ou cargo melhor, ter um aumento salarial, trabalhar naquela empresa que sonha ou, até mesmo, mudar de profissão. Para isso, é fundamental se organizar para já começar o ano investindo em você. Cursos, workshops, palestras, oficinas e pós-graduações são sempre importantes para atualização profissional e para as pessoas que esperam esse salto na vida profissional para o próximo ano.

Na Maxim, as pós-graduações em Proteção Radiológica e em Radioterapia terão início a partir de janeiro, em quatro cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza e Dourados. Saiba mais e faça sua matrícula em http://maximcursos.com.br/new/todos-os-cursos/.

Quais são as áreas de atuação da radiologia industrial?

foto-externa-curso-de-tecnicas-analiticas-com-enfase-em-inspecao-por-raios-x

A radiologia industrial está presente em uma grande variedade de setores, o que faz com que ela ofereça uma série de áreas de atuação profissional. Listamos cinco atividades que contam com a atuação de um profissional de radiologia industrial.

#1 – Inspeção Corporal

Equipamentos de radioinspeção corporal, os chamados bodyscan, são aqueles que podem detectar objetos metálicos e não metálicos escondidos no corpo de uma pessoa através dos raios X, tais como, armas, drogas, explosivos, pedras preciosas etc. Assim sendo, são muito mais eficientes que detectores de metais e outros. Contrariando a legislação brasileira, atualmente quem opera esses sistemas em presídios são agentes penitenciários dotados de minicursos de 8 horas sobre o tema. A Lei 7394/85, regulamentada pelo Decreto 92790/86, regulamenta os profissionais Tecnólogos e Técnicos em Radiologia. A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), órgão que regula a área, torna obrigatório um programa de capacitação dos profissionais operadores desses equipamentos.

#2 – Inspeção de Cargas e Contêineres

A inspeção de cargas e contêineres faz uso de aceleradores lineares de alta energia, onde são aplicados em estradas, divisas, fronteiras, portos e visa evitar que armas, drogas ou mercadorias falsas e irregulares entrem e circulem pelo país. Nos últimos anos, esse tipo de inspeção tem recebido grande investimento, principalmente pelo seu auxílio na área de segurança pública.

#3 – Radiografia Industrial

A radiografia industrial é uma poderosa ferramenta de controle de qualidade que faz o uso de fontes radioativas de Ir-192, Se-75, Co-60, todas utilizadas nas indústrias automotivas, indústrias navais, industrias siderúrgicas, aviação e materiais bélicos, como explosivos. Também possui ampla aplicação nas indústrias de petróleo e petroquímicas.

#4 – Medidores Nucleares

São dispositivos que usam fontes de radiação associadas a um detector, que permite por atenuação ou espalhamento da radiação, saber se o material medido está ou não presente no nível pré-estabelecido. Existem muitos tipos de medidores e muitas aplicações. O profissional poderá atuar em diversas áreas, dentre elas: setor alimentício, bebidas, cimenteiras, concreto, embalagens, fertilizantes, metalúrgico, mineração, papel e celulose, petrolífero e petroquímico e siderúrgica.

#5 – Perfilagem de poços de petróleo

No setor petrolífero, as técnicas nucleares são utilizadas na perfilagem de poços de petróleo que consiste na medida e registro contínuo de determinados parâmetros ao longo das paredes de um poço. Para isto, utiliza-se uma sonda de medição que é introduzida progressivamente na perfuração. A interpretação de gráficos resultantes ajuda a determinar a localização, quantidade e produtividade de óleo e gás do poço. Nestas sondas utilizam-se fontes radioativas de Césio-137, Cobalto-60 e Amerício-Berílio-241.

Se interessou por alguma dessas áreas? Então se matricule em um dos nossos cursos e se prepare para trabalhar! Clique aqui e conheça as nossas turmas.

A importância da proteção radiológica para a saúde dos indivíduos

Contato indevido com fontes de radiação pode causar dano à saúde

IMG_4814

Embora a utilização das radiações ionizantes, empregada na saúde, na indústria, na pesquisa ou na geração de energia elétrica, traga grandes benefícios para humanidade, existem riscos se houver exposição indevida. Os efeitos causados pela interação da radiação com o corpo humano podem variar de acordo com o tempo de exposição e a dose de radiação a qual a pessoa foi exposta. Também deve ser considerada a parte do corpo que teve contato com a radiação ionizante, a fim de avaliar a radiosensibilidade e outros fatores. A interação da radiação com a matéria pode causar manifestações biológicas, denominados efeitos biológicos da radiação, que podem afetar as células, e resultar em danos na sua estrutura, mutações genéticas, modificações ou até mesmo a morte celular.

Dependendo da dose de radiação, do dano celular e a capacidade de reprodução das células, o organismo pode se recuperar sem que a pessoa perceba qualquer alteração biológica. Por exemplo, em uma exposição à radiação X ou gama, pode ocorrer uma redução no número de hemácias, leucócitos e plaquetas, que retornam naturalmente aos níveis normais após algumas semanas. As manifestações biológicas acontecem quando a quantidade e a frequência da dose de radiação começam a desequilibrar o organismo ou o funcionamento dos órgãos, acarretando em sintomas clínicos, como câncer e catarata.

A proteção radiológica consiste no respeito às normas e limites de exposição e são conhecimentos fundamentais para qualquer profissional da radiologia. Entre as preocupações que devem ser respeitadas para garantir a segurança da atividade radiológica estão minimizar o tempo de exposição e assegurar que a distância e a blindagem entre o material radioativo e a pessoa estão corretas. Existem outras formas de proteção, como as próprias rotinas dos profissionais, os avisos de sinalização, a comunicação entre os profissionais e os pacientes e a monitoração de exposição dos profissionais.

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) estabelece algumas medidas para proteção do homem, dos seus descendentes e do meio ambiente contra os efeitos nocivos das radiações ionizantes.

Saiba como produzir um bom TCC

Professor da Maxim dá dicas para o sucesso no trabalho de conclusão de curso

Por mais que a graduação ou pós-graduação seja um tempo onde o aluno cresce intelectualmente, chega um momento em que o foco se volta para um único objetivo: pegar o diploma. Para conseguir ingressar no mercado de trabalho, todos aqueles que terminam um curso de nível superior devem passar pelo principal desafio acadêmico, o Trabalho de Conclusão de Curso, mais conhecido como TCC.

O TCC marca a “linha de chegada” dos estudantes. Uma das maiores conquistas do aluno é conseguir finalizá-lo a tempo e galgar uma boa nota. Porém, até alcançar esses objetivos, o estudante passa por um período de muito estresse e preocupação. Na maioria vezes há uma mudança brusca na rotina de vida dos alunos, que passam a se dedicar em tempo integral ao TCC.

Se você, aluno da Maxim Cursos, está prestes a começar a produção do seu TCC, já começou ou apenas quer ficar por dentro de dicas para trabalhar em um, nós temos algumas orientações.

O professor Francisco da Silva, da Maxim, aponta dicas para o sucesso do trabalho. “É indispensável demonstrar segurança no tema, relacionar bem o falar com o que está escrito, ter objetividade, poder de síntese e respeitar o tempo de 20 minutos”.

Durante os questionamentos da banca, o importante é não se desesperar. Segundo Francisco, é ideal mostrar domínio do conteúdo abordado, argumentar e defender suas ideias e esclarecer pontualmente as dúvidas dos avaliadores. “Adicionando uma dose de calma a tudo isso, o sucesso é certo”, garantiu o professor.

O passo a passo para o TCC perfeito é que ele seja objetivo, apresente resultados, siga uma metodologia e tenha conclusão e justificativa. Para evitar surpresas, Francisco orienta que os alunos levem uma cópia do trabalho para acompanhar a discussão com a banca, salvem o TCC em pelo menos dois pen drives e dividam a apresentação entre os participantes de modo que todos falem.

Para se sair bem e deixar de lado o nervosismo, ensaie bastante para chegar na hora e saber bem o que falar para os examinadores.  

Alexandre Gomes conta sobre sua experiência em lecionar na Maxim

413534193_22e9a59036_o

A Maxim Cursos é uma empresa focada na capacitação profissional e no ensino especializado nas áreas médica e industrial. Sua principal missão é treinar profissionais da área radiológica em consonância com as resoluções da CNEN e ANVISA. Com foco especial em inovação tecnológica, a Maxim consolidou-se no mercado como um diferencial nos cursos de pós-graduação e educação à distância, formando profissionais treinados com alto nível de excelência.

Parte desse sucesso deve-se ao seu corpo docente, formado por profissionais capacitados, como é o caso de Alexandre Gomes, instrutor da Maxim. Em um breve bate-papo, conversamos com Alexandre sobre sua experiência em lecionar conosco. Confira:

M: Qual o diferencial da Maxim em relação aos outros cursos?

R: O grande diferencial da Maxim é a formação e experiência de seus instrutores. Na realidade, além de serem professores com a devida formação pedagógica, o principal fato é que são profissionais fortemente atuantes no mercado radiológico. São referências nacionais. Isso faz com que o aluno tenha uma experiência única, aliando a didática do instrutor com sua vivência prática dentro do mercado de trabalho.

M: Como está sendo sua experiência em lecionar na Maxim?

R: Sempre foi a melhor possível. Somos um grupo que se completa e temos muito prazer em colaborar para a mudança de vida de tantos Técnicos e Tecnólogos em Radiologia por todo o Brasil. É com muito gosto que a cada dia mais abrimos as portas da Indústria e fortalecemos a identidade do profissional de Tecnologia em Radiologia no nosso país.

Investimento profissional na área Radiológica é uma oportunidade para 2016

11139411_973992302624586_8535558453755827045_n (1)

Em 2015 o país passou por tempos difíceis, vivendo as consequências da atual crise política e econômica que se estende até 2016. O aumento da inflação e o recrudescimento do desemprego tem feito parte do atual cenário brasileiro, mas é justamente neste momento que é importante aproveitar as oportunidades do mercado de trabalho. Para dar um panorama sobre a área de Radiologia em 2016, entrevistamos o instrutor da Maxim e da Facab, Samuel Queiroz.

Segundo ele, mesmo com os sintomas da crise, o profissional da área radiológica não sentirá os efeitos graças à expansão do mercado de Radioterapia e de Proteção Radiológica. “O mercado de Radioterapia está em constante expansão, pois faltam profissionais qualificados e essa demanda é urgente. Outro caso é o mercado de Proteção Radiológica. Não houve uma atualização dos profissionais e hoje a maioria das pessoas que trabalham com isso já está prestes a se aposentar. O mercado precisa de gente, e há muitas vagas nessa área, muitos concursos públicos abertos”, contou.

O instrutor também destacou a importância de investir em cursos de especialização, principalmente para quem quer expandir os conhecimentos na área e aproveitar para driblar a crise. “Investir em cursos de especialização é uma tendência. A graduação não dá conta de tudo, ela não consegue abranger os conhecimentos necessários para as áreas. É necessário ser especialista, saber um assunto específico. Fazer um curso de especialização é uma oportunidade”, revelou.

A Maxim e a Facab oferecem cursos de pós-graduação nas áreas Radiológicas, entre elas: Proteção Radiológica, Radioterapia e Imaginologia. Entre no nosso site e saiba mais sobre os cursos e cidades em que atuamos: http://maximcursos.com.br/new/todos-os-cursos/.

 

Mais uma turma concluída e mais alunos satisfeitos

IMG_1778No último sábado (19), a Maxim concluiu o curso de capacitação de Proteção Radiológica em Radiografia e Aplicações Industriais, no Rio de Janeiro. Com duração de 160 horas, o curso teve início em agosto e contou com a participação de 15 alunos. A capacitação teve como objetivo fornecer aos alunos conhecimentos teóricos e práticos sobre proteção radiológica, radiografia industrial, medidores nucleares, irradiação industrial, técnicas analíticas, entre outras aplicações industriais das radiações ionizantes.

Um dos alunos do curso, Marcos Antônio de Oliveira, 51 anos, falou sobre sua experiência na turma: “o curso foi muito bom! Já sou técnico de segurança e agora posso dizer que também sou técnico em radiologia. Pude conhecer uma tecnologia nova e adquiri um conhecimento a mais que eu ainda não tinha”. Marcos está esperançoso quanto ao futuro: “agora quero atuar nessa área e pretendo fazer concurso público”, conta ele.

O instrutor Samuel Queiroz, um dos professores do curso, destacou a dedicação dos alunos. “Se eu pudesse definir essa turma em uma palavra, seria dedicação. Foi uma turma muito comprometida, dedicada e unida. Isso fez com que eles pudessem se ajudar e aproveitar ao máximo o que o curso ofereceu. Nós, instrutores, tivemos até facilidade no aprendizado graças ao interesse da turma durante as aulas e fora delas”, comentou Samuel.

Esse curso está com inscrições abertas em várias cidades. Para se inscrever, acesse http://goo.gl/Y87jCF.

Maxim oferece pós-graduação pioneira em 2016

books-1082942

 

 

Com início a partir de janeiro de 2016, no Rio de Janeiro, e a partir de março em São Paulo e Fortaleza, o curso de pós-graduação em Radioterapia – Ênfase em Técnicas e Protocolos de Tratamento tem como objetivo tratar sobre os aspectos necessários na formação de especialistas em Radioterapia, capacitando o acadêmico para o exercício das atividades nos protocolos de sessões e dosimetria radioterapêutica. Coordenado pelos instrutores Samuel Queiroz e Flavion Salles, a pós é voltada para graduados nas áreas de Tecnologia em Radiologia, físicos, profissionais de área da saúde e áreas afins.

Segundo os coordenadores, o mercado de Radioterapia é carente de profissionais qualificados, apesar da grande demanda. “A área de radiodiagnóstico é a que mais contrata, a que mais precisa de mão de obra qualificada e a que menos têm profissionais. Junto com a Radiologia Industrial, a Radioterapia é a área que tem os melhores salários e oportunidades”, conta Flavion. “Ao se formar, o aluno poderá atuar diretamente na execução de procedimentos em radioterapia. Este o mercado de trabalho está cada vez mais carente em todo o Brasil, precisando de profissionais qualificados e habilitados”, completa Samuel.

A pós oferecida pela Maxim Cursos é pioneira no Rio de Janeiro. A qualidade do corpo docente é o principal diferencial, de acordo com Samuel e Flavion. “A principal diferença é no ensino, onde os alunos terão aulas com profissionais altamente qualificados, usando uma metodologia única da FACAB – MAXIM”, conta Samuel. “O corpo docente é formado pelos melhores profissionais do mercado. A tecnologia de ponta utilizada no curso também se destaca”, conta Flavion.

As inscrições para a pós-graduação em Radioterapia nas três cidades ainda estão abertas. Para se inscrever, é necessário acessar http://migre.me/slV1O.

Maxim oferece curso de capacitação em várias cidades

DSC01089

O nosso curso de capacitação de Proteção Radiológica em Radiografia e Aplicações Industriais é um sucesso em várias cidades! Estamos com inscrições abertas para turmas no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Maranhão, Sergipe e Pernambuco.

Nessa capacitação, você tem a chance de fazer dois cursos com o preço de um (e todo o material está incluso!). Além disso, a Maxim possui parceria com empresas do ramo e direcionamento de seus alunos para o mercado de trabalho.

Veja mais alguns diferenciais do curso de capacitação de Proteção Radiológica em Radiografia e Aplicações Industriais:

:: possui registro na CNEN;

:: possui simuladores indústrias nas aulas práticas;

:: visitas técnicas;

:: professores mestres, doutores e supervisores qualificados pela CNEN;

:: materiais didático exclusivo e inédito;

:: sala virtual exclusiva para alunos e empresas.

Crescimento e modernização do mercado aumenta a demanda por profissionais preparados

Alexandre Lima

Instrutor da Maxim, Alexandre Lima, fala sobre a importância da qualificação

Desde 2008, quando a Maxim foi fundada, Alexandre Lima faz parte do time que leciona o curso de capacitação Proteção Radiológica em Radiografia e Aplicações Industriais. Ao todo, ele estima que já capacitou cerca de 1.600 profissionais para desempenharem técnicas radiológicas no mercado industrial. Ele também é professor na pós-graduação em Proteção Radiológica, que já formou duas turmas no Rio de Janeiro e no Ceará, e faz parte da coordenação dos cursos online da Maxim.

Com o crescimento desse mercado e a introdução de novas tecnologias, a importância da qualificação profissional aumenta. Sobre isso, Alexandre é incisivo: “Existe uma demanda por profissionais preparados e habilitados. O profissional formado pela Maxim é capaz de atuar em diversos segmentos e recebe conhecimentos sólidos sobre proteção radiológica, garantindo a sua segurança, a preservação do meio ambiente e a saúde da população”.

Os profissionais que participam dos cursos da Maxim muitas vezes já atuam em outras áreas da radiologia e estão à procura de aperfeiçoamento e crescimento profissional. Para Alexandre, a troca de experiência com os alunos faz com que as aulas sejam ainda melhores: “definitivamente, lecionar pela Maxim é uma experiência formidável. O instrutor ensina e aprende ao mesmo tempo, além de enriquecer ainda mais o conteúdo das aulas teóricas e práticas”, finaliza o instrutor.